O nascer de um novo espaço

Promo Lapsis Açores

A Terapia Familiar: quando e porquê

A Terapia Familiar nasce da ideia de que o trabalho terapêutico com as famílias permite ir além das questões individuais, auxiliando o grupo familiar a reorganizar-se perante os problemas. A sua força assenta no enorme potencial do grupo para o crescimento colectivo. (+)

Brincadeira Livre

O grupo de brincadeiras livre é constituído por dois terapeutas que representam, no espaço, terapêutico, as figuras maternal e paterna, e por um máximo de 5 crianças, com idades compreendidas entre os 5/6 e os 9/10 anos. É uma terapia semanal, com a duração de 1h cada sessão.

O grupo é unisexual, o que facilita a abordagem de problemáticas, entre os elementos do grupo, como a sexualidade, a rivalidade, a gressividade e todos os factores ligados à dinâmica de grupos, nomeadamente, a emergência do líder.

O espaço terapêutico é uma sala de, aproximadamente, 14m2. Tem 5 armários com lençóis de vários tamanhos e cores, sacos de areia, 20 cubos e 3 paralelepípedos.

As crianças entram na sala, sentam-se à frente dos terapeutas para falarem do que lhes apetecer, usualmente do que consideram importante durante a semana. Esta é a chamada fase de aquecimento. Depois podem brincar à vontade, com o material que quiserem e trabalharem em grupo ou individualmente, tendencialmente em grupo.

Durante a brincadeira fazem emergir situações relacionadas com o nascimento, nomeadamente “a toca” (construção com cubos), ou de um período mais avançado de separação/individuação, quando constituem barreiras (construção com cubos) para que os terapeutas não os vejam. De seguida são convidados a comentarem o que fizeram e o que os outros fizeram. Os terapeutas interpretarão o desempenho individual e a acção do grupo, em cada sessão.

Indicações e contra-indicações: é necessário que as crianças tenham atingido a capacidade de integrar o que lhes é dito pelos terapeutas. Este grupo constitui uma oportunidade para que as crianças introvertidas, voltadas para o seu mundo, entrem em contacto com o mundo externo, no designado processo de socialização e também para as crianças com as mais variadas problemáticas neuróticas. Trabalha-se no grupo, nomeadamente, o facto de deixarem de dormir com a mãe, os ciúmes com os irmãos, a rivalidade paterna e maternal...


Esconder o formulário de comentários Esconder o formulário de comentários

Bold Italic Underline Stroke Quote Ordered List Unordered List Introduza o comentário da imagem Introduza o URL Código Smileys

:confused: :cool: :cry: :laugh: :lol: :normal: :blush: :rolleyes: :sad: :shocked: :sick: :sleeping: :smile: :surprised: :tongue: :unsure: :whistle: :wink: 

  1000 Caracteres disponíveis

Antispam Apresentar nova imagem Não diferenciar maiúsculas e minúsculas

 

Free templates for Joomlajtemplate.ru

Testemunhos

Mtoo Iiindo ameei, >< Maanda maais sober familia ^^

Eu gostei muito Renato,e agradeço porque esse texto me ajudou a fazer o meu trabalho,e eu tirei dez foi melhor trabalho da classe,muito obrigada mesmo. Meu nome é Francine Kamila e eu tenho dez anos.

Obrigado pela amizade. Luís Gaspar

Tenho que agradecer à Lapsis por todo o apoio psicológico que me deram há alguns anos. Em parte, se não fossem vocês, eu já não estaria cá :) Obrigada. Catarina R.