Escrevo agora, suspenso no tempo, à procura de um espaço onde me achar.

Escrevo agora, suspenso no tempo, à procura de um espaço onde me achar.

Espaço onírico, tempo real, ou será que estou simplesmente a complicar?

Isto deveria ser a introdução para o novo blogue sobre psicologia e arte, também o é mas queria escrever uma coisa artística e pessoal que lançasse a seta da inspiração aos deuses deste novo Olimpo chamado Internet e que essa seta pudesse despertar em cada um de nós o desejo de participar na construção desta pirâmide e que cada pedra ficasse marcada neste sonho virtual que queremos construir.

Aqui até o proibido proibir é deitado abaixo... espero por todos, homens mulheres crianças animais máquinas que queiram expressar algo ……mostrar e esconder os sonhos os desejos as desilusões da vida e da não vida.

Arte?

Palavra estranha, não pretendo uma definição um dicionário, quero apenas que cada um tente achar a sua parte mais intima e que sinta um prazer enorme em partilhar connosco esse caminho, através de mares onde nasçam quadros de luz e dor, por montanhas onde ainda andam os espíritos de Zaratrusta , Alma Grande e Ulisses, e vales onde se possa ler ás cinco em sombra da tarde e os cheiros da infância brinquem com o sabor da primeira paixão.

1000 Characters left


Free templates for Joomlajtemplate.ru